Diga não a Gordofobia

Leia mais

Sorteio de Réveillon

Leia mais

Papo de Amiga - Morar "sozinha"

Leia mais

22.3.13

Curiosidade: 10 Aves extremamente Perigosas


Bicos pontiagudos, garras afiadas, asas gigantescas e um violento instinto de defesa.
Juntos, esses elementos fazem parte de verdadeiras “aves de guerra” que você deve evitar se quiser manter sua integridade física (ou sua vida)

Vamos lá :)


1 – Búteo-de-cauda-vermelha 




Uma das maiores (quase 1,5 m de envergadura das asas e com peso de 1,3 a 2 kg) e mais comuns águias dos Estados Unidos, o búteo-de-cauda-vermelha normalmente faz ninho em árvores próximas a áreas abertas e, se houver humanos por perto, eles logo são considerados uma ameaça e atacados com voos extremamente velozes e garras afiadas. 
Em 2010, no estado de Connecticut (EUA), uma única águia atacou diversas pessoas que passaram por perto de seu ninho.


2 – Coruja-das-neves





A série Harry Potter deu uma imagem simpática a essa ave, mas não se engane: quando se sente ameaçada, ela ataca sem piedade, normalmente mirando na cabeça do invasor – e, como é branca, é comum as pessoas não conseguirem enxergá-la contra a neve, aumentando o risco de ataque. 
A coruja-das-neves geralmente tem 45 cm de altura, 1,2 m de envergadura com as asas abertas, pode pesar quase 3 kg e é capaz de suportar temperaturas de -45°C.

3 – Abutre-barbudo



Também conhecido como Lammergier (“abutre cordeiro”, em alemão), esse pássaro gosta de se alimentar de medula óssea, o que por si só compensa seu nome pouco intimidador. Normalmente, ele pega ossos (ou tartarugas) e joga de grandes altitudes para quebrá-los e, dependendo do tamanho do osso e da queda, pode matar um viajante distraído – reza a lenda que o dramaturgo Esquilo (524 a.C. – 455 a.C.) morreu quando uma tartaruga caiu sobre sua cabeça, jogada por um abutre-barbudo.

4 – Strix varia



 Suas penas permitem voos silenciosos, o que faz com que se torne especialmente perigosa para viajantes distraídos, que são prontamente atacados com garras afiadas. 
Como o alvo geralmente é a cabeça, um capacete é muito bem-vindo nessas horas. 
A envergadura da Strix varia é de até 1,2 m e ela normalmente pesa pouco mais de 1 kg. 

5 – Mobelha-grande



Essa espécie existe desde o surgimento das primeiras aves, normalmente habita áreas geladas na América do Norte e no norte da Eurásia e às vezes emite um ruído parecido com uma gargalhada (!). 
Como a poluição de lagos acabou matando muitos exemplares da espécie, cientistas de certas regiões começaram a monitorar os sobreviventes por meio de braceletes. 
Certa vez, um dos pesquisadores foi confundido com um predador e teve seu coração perfurado pela ave, morrendo na mesma hora.

6 – Cisne branco



Pesando cerca de 12 kg, o cisne branco é uma das maiores aves aquáticas do mundo. 
Além de agressivo e “territorialista”, ele conta com asas enormes (2,1 m de envergadura) para defender seu ninho. 
Certa vez, um caseiro se afogou após ser derrubado de seu barco por um cisne.

7 – Gaivota-prateada



Agressiva com intrusos, a gaivota-prateada começou a expandir seus territórios para cidades litorâneas e, quando rouba alimentos, pode ferir uma pessoa seriamente com seu bico afiado. Em 2002, um idoso morreu de ataque cardíaco após ser atacado por várias dessas gaivotas.

8 – Gymnorhina tibicen



Parente” dos corvos e das gralhas, o Gymnorhina tibicen normalmente se alimenta de insetos e, se não for ameaçado, é um animal relativamente pacífico. 
Contudo, na época de procriação, macho e fêmea se juntam para espantar intrusos, e há relatos de mortes causadas por eles, que normalmente miram na cabeça do invasor.

9 – Avestruz africano



Depois da extinção do avestruz árabe, essa foi a única espécie que sobrou. 
Grande (tem em média 2,1 m de altura e pesa 110 kg), só se torna ameaçador na hora de proteger seus filhotes ou seu ninho – com suas garras, consegue estripar um ser humano em questão de segundos.

10 – Casuar do sul



Presença garantida em listas de animais perigosos, o casuar é o último pássaro que você gostaria de encontrar: como o avestruz africano, ele usa garras para arrancar as entranhas dos invasores, mas por seu próprio temperamento é ainda mais agressivo que a outra ave. Tem um chute extremamente forte e, felizmente, só ataca quando alguém invade seu território (se ele fosse um caçador, não sobrariam muitos australianos para contar a história).   

-x-

Assustador né, pensar que aves tão lindas assim podem ser tão perigosas...

Espero que gostem :)

 

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados