Diga não a Gordofobia

Leia mais

Sorteio de Réveillon

Leia mais

Papo de Amiga - Morar "sozinha"

Leia mais

14.3.13

Dia Nacional da Poesia


Hoje dia 14 de Março é o dia Nacional da Poesia, e claro que eu uma apaixonada por poesias não poderia deixar de comemorar este dia.

Então separei para voces, dois poemas da minha escritora favorita "Clarice Lispector". 

Confira :)

Clarice Lispector

-x-

Poema: Há Momentos


Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.


-x-

Poema: Isso é muita Sabedoria

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. 
Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. 
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. 
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; 
Outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. 
Os sentimentos são sempre uma surpresa. 
Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. 
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. 
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

-x-

Espero que gostem, e que inspire o dia de voces :)

Mais curiosidades e poemas desta incrivel escritora, é so clicar no link abaixo:


0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados