Testei: Koloss Magia de Unicórnio

Leia mais

Entrevista com o fotografo Erick Souza

Leia mais

Minhas One Shot's do Nyah Fanfiction

Leia mais

16.6.14

A Culpa é das Estrelas - O Filme


Bom dia amores
ontem (dia 15/06) fui a Florianopolis e aproveitei a oportunidade para assistir o tão aguardado "A culpa é das estrelas" e hoje vim falar o que eu achei para vocês! 
Quero agradecer a companhia das minhas lindas Dezza e Déia que me acompanharam no cinema e se emocionaram junto comigo! 
Vamos lá :) 


Gente eu AMEI cada minuto do filme! Simplesmente a melhor adaptação de livro para o Cinema até o momento! #MinhaOpinião
Todo o livro estava lá, na mesma intensidade de emoções... nós rimos muito com as tiradas do Gus e com certeza choramos litros novamente com todo o amor e drama entre ele e a Hazel.
O filme foi maravilhoso por diversos motivos, dentre eles a preocupação com o elenco foi a principal, quando eu vi que o Ansel Elgort foi escalado para fazer o Gus, eu fiquei super com o pé atrás, mas acabei me surpreendendo muito com a sua atuação. 
Gus (Ansel) não roubou apenas os nossos corações, ele roubou a cena do início ao fim do filme!


Ansel foi de um carisma impar. Com espontaneidade ele deu vida, humor e muito charme ao nosso amado Gus.
Isaac também estava ótimo e o Nat Wolff foi o complemento perfeito para a leveza e bom humor que nos fizeram rir e manter sorrisos de orelha a orelha durante boa parte do filme.

Shailene esta bem em sua atuação, mas eu esperava um pouco mais dela como a Hazel, não sei, quem sabe um pouco mais de acidez para contrabalançar a fofice de Augustus (Gus).
 No fim ela acabou sendo uma fofa também.


Gostei bastante da atuação dos pais de Hazel e o Willem Dafoe encarnou muito bem o abrasível e detestável Peter Van Houten. Veja o elenco completo:


Eu assisti A Culpa é das Estrelas com um sorriso de orelha a orelha e os olhos marejados durante boa parte filme. Tudo estava lindo e perfeito e embora eu tenha achado falta da cena onde eles vendem o balanço, todo o livro estava contemplado com maestria na telona, encantando e emocionando... e eu chorei... chorei até me acabar... chorei de soluçar no final... e não tenho vergonha de admitir isso!!


O filme foi bem focado no romance mesmo, deixando um pouco de lado o sofrimento da doença, principalmente as partes mais latentes do livro, onde foi descrito muito bem a agonia tanto de Hazel, quanto de Gus e as provações por que passaram.
Assim como no livro do Divo John Green, Hazel e Gus foram encantadores, nos tocaram com seu pequeno infinito, nos fazendo rir com eles e juntos aproveitarmos cada segundo deste amor, desta vida que mesmo na doença e na dor, ainda é tão bonita e assim foi retratada através desta belíssima história em páginas que ficarão para sempre no coração de todos os leitores e agora nas mentes dos apreciadores de um bom filme.


A trilha sonora é linda, de uma delicadeza que valoriza muito cada cena, deixando os expectadores com certeza ainda mais envolvidos e emocionados pela trama.


Só fiquei chateada que a musica do Ed Sheeran (All of the stars) só tocou quando o filme terminou! :(

Enfim assista, pois nada do que eu disser será o suficiente para ilustrar o quanto eu gostei deste filme e o quanto realmente vale a pena ir assisitir!

E para quem ainda não conhece, vai o trailer ai... Se apaixone!   


Espero que gostem, espero logo reve-lo! 

Beijinhos :*


0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados