Diga não a Gordofobia

Leia mais

Retrospectiva 2017 (+ lidas)

Leia mais

Papo de amiga - Vamos ser felizes em 2018

Leia mais

3.9.14

Dançando para a Vida (Ballet Shoes)

Hi Guys! Tudo bem?
Ontem eu assisti a um filme fofíssimo e então resolvi postar um pouco sobre ele. 
Talvez até me arrisque a fazer uma resenha...


Sinopse:
Baseado em obra homônima de Noel Streatfeild, é ambientado na década de 1930 em Londres. É a história das órfãs Pauline, Petrova e Posy Fóssil, que são adotadas pelo excêntrico explorador Professor Matthew Brown, e criadas por Sylvia, sua sobrinha altruísta. Quando o Professor desaparece, Sylvia tenta dar conta das despesas alugando quartos para hóspedes cujos atos mudarão suas vidas para sempre. As garotas são matriculadas na escola de teatro e começam a trabalhar nos palcos. Isso combina com os desejos da ambiciosa Pauline, que está ansiosa para atuar, e com a vontade de Posy, uma dançarina nata, mas Petrova, que deseja ser aviadora, sofre com a frustração e o desapontamento. As irmãs juram "colocar seus nomes nos livros de história" e esse desejo mantém a família unida a qualquer preço. A vida no mundo do show business é bem-sucedida, mas corações são partidos e lições aprendidas nesta encantadora história.




Não consegui encontrar nenhum trailer legendado. #sorry


Petrova (Yasmin Page), Pauline (Emma Watson) e Posy (Lucy Boynton).


O filme aborda de uma forma tão leve, assim como encantadora, os altos e baixos da vida dessas lindas garotas. Mostra o quanto é difícil estar fazendo o que não gosta por pura necessidade para ajudar alguém que ama, colocando as prioridades dos outros em cima da sua e é o que Petrova faz na maior parte do filme. 
Pauline é a insegurança em forma de gente, duvidando sempre do seu indiscutível talento, mas quando as coisas passam a dar certo ela permite que a fama lhe suba a cabeça e se transforma em uma aspirante à megera, não respeitando a nenhuma regra. Após receber o castigo de ser substituída na peça, finalmente a garota aprende a lição!
Posy nasceu para ser uma bailarina e assim que Madame Fidolia pôs os olhos na linda menina de cabelos ruivos, estava mais que certo que a pequena Posy tinha tudo para ser uma excepcional dançarina de balé. Porém, o espírito de egoísmo volta a reinar e faz com que Posy fique mais preocupada com o seu futuro do que com a sua professora, que infelizmente tem sua saúde abalada em meio a trama. 

Agora o que falar da Sylvia? Uma mulher que abdicou toda a sua juventude pra criar as três garotas da melhor forma possível na ausência do seu tio e sem dúvida fez com maestria com a ajuda da Nana. 

Sylvia (Emilia Fox), Gum (Richard Griffiths) e Nana (Victoria Wood)

Além de torcer para o um lindo final feliz para cada menina, também torci para que a Sylvia tivesse o seu também. 

John Simpson (Marc Warren), Dra. Jakes (Gemma Jones), Dra. Smith e Thoe Dane (Lucy Cohu) 

Assisti a muitos filmes em que haviam personagens que não fizeram tanta importância a trama, mesmo que tivessem muitas cenas com os principais. Entretanto nesse filme absolutamente todos são primordiais na trama. Graças a situação financeira da casa beirando a falência, surgiu a ideia de vender objetos valiosos do Gum e alugar os quartos vagos do gigante casarão, fazendo-nos conhecer John, Dra.Jakes, Dra. Smith e Theo. Foi com a ajuda (ideia) deles que as meninas foram matriculadas na escola de teatro e assim cada uma tiveram a certeza dos sonhos que queriam seguir ou melhor... 
Por qual sonho lutar!


É uma histórias de erros e acertos, sonhos e necessidades... Um exemplo de união nos bons e maus momentos. Sem dúvida alguma é filme mais fofo e divertido que assisti nesses últimos anos! 
Vale muito a pena conferir.

(Fotos: imbd.com/ ribbonsoflight.blogspot.com/ akombihippie.blogspot.com.br/ old-fashionedcharm)
--X--

Gente, me apaixonei por esse longa! Sério! Confesso que o que me motivou inicialmente na escolha foi a presença da Emma linda Watson no elenco. (Risos)

Pra quem curtiu a dica e ficou louco pra assistir, aqui está o link para assistirem online:

Beijos e até mais!

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados