Diga não a Gordofobia

Leia mais

Retrospectiva 2017 (+ lidas)

Leia mais

Papo de amiga - Vamos ser felizes em 2018

Leia mais

2.2.15

Indicação de Livro - Os Adoráveis

 (Imagem do Google)
 
Boa tarde amores, tudo bem?
Voltei a minha rotina, trabalho, blog, casa...
Hoje pra iniciar bem o dia, meu estômago atacou, acordei atrasada e esqueci como se faz algumas coisas... mais agora finalmente as coisas melhoraram :) 
Enquanto estou aqui no escritório almoçando biscoito integral (ás 16:05h) decidi trazer uma indicação que li nestas férias! Vem ver :)

Indicação de Livro 

Os Adoráveis
Paginas: 384
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance, Juvenil 

 (Foto Instagram Oficial)

Sinopse 
 Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. 
Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.

Resenha
 Os Adoráveis, escrito por Sarra Manning e lançado pela Editora Novo Conceito, traz a história de Jeane Smith, uma garota de 17 anos independente, com estilo próprio e excêntrico, cheia de atitude e personalidade, que há um tempo atrás resolveu criar um blog, o Adorkable, para falar sobre seu estilo de vida, o que é uma inspiração para seus leitores e seu meio milhão de seguidores do Twitter. O blog fez tanto sucesso que foi premiado por diversos meios de comunicação e ainda ganhou um Bloggie Award, e ela ainda ganha uma boa grana através de palestras e consultoria sobre esse meio para empresas. Jeane é uma dork, ou seja, alguém que simplesmente não leva em consideração a opinião alheia sobre seu gosto pessoal.
O problema é que Jeane só possui todo esse status no mundo virtual, pois na vida real, principalmente na escola, é completamente sozinha, e a única pessoa que ela mantém um contato maior, é seu namorado esquisito, Barney, e nesse relacionamento falido não existe a menor química...
Eis que surge Michael Lee, um garoto que é o oposto de Jeane, do tipo popular que só vai olhar pra garota mais bonita da escola e ignorar todas as outras, incluindo Jeane que é e bem diferente das outras no que diz respeito ao seu comportamento e estilo estranho de se vestir, e ainda acha que internet e redes sociais são besteiras fúteis e inúteis. Ele namora Scarlett, que por ironia do destino se interessou por Barney, e o interesse foi recíproco...
Jeane e Michael, passam a se ver com mais frequência devido a traição dupla de seus namorados, e arriscam um beijo, e é partir daí que a história começa a se desenrolar, pois por mais que eles sejam opostos, passam a se conhecer e a não conseguirem mais ficar longe um do outro...
Narrado em primeira pessoa, e com alternância entre Jeane e Michael, Os Adoráveis é um livro de leitura bem fácil e várias pessoas podem se identificar um pouco com a situação em que Jeane se encontra... Uma pessoa cuja vida social online é bem sucedida, animada e movimentada, enquanto na vida real, mesmo morando sozinha e tomando conta da própria vida, ela passa despercebida. Ela também tem alterações de humor constantes e quando ficava "azeda" chegava a despertar minha completa antipatia.
Michael já é o contrário, pois é bem popular e vive de acordo com as regras e exigências dos pais.
Os demais personagens não são tão explorados, então a história fica mais restrita a Jeane e Michael, e por isso, achei que ficou tudo um pouco cansativo e até um pouco maçante de acompanhar.
Como casal, apesar de não ser algo totalmente original, foi algo que saiu um pouco do padrão, sendo Jeane a menina estranha e excluída (mesmo com sua vida de glamour nas redes sociais) com o garoto popular e querido.
A capa descontraída combinou bem com o conteúdo do livro, cuja edição não deixou a desejar, seja com relação a diagramação, tradução e revisão por parte da Novo Conceito.
Recomendo o livro para todos aqueles que curtem uma leitura leve e que querem pensar um pouco acerca da importância de sermos nós mesmos em meio a grande necessidade da tecnologia, internet, redes sociais e afins em nossas vidas.

Nota: ★ ★ ★ ★
Então meus amores é isso! Espero que gostem da indicação. 

Beijinhos :*


0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados