Papo de amiga - Gordofobia

Leia mais

6 filmes de terror que vão estrear em 2018

Leia mais

Virei mãe de gato e agora?

Leia mais

16.7.15

Indicação de Filme: Cada um na sua Casa

Hey Guys, como estão?
Essa semana foi uma loucura por aqui, agora oficialmente estou desempregada #risos e oficialmente estou ryca... Sqn! #risos 
Estou longe do #DF porque estou correndo com as coisas da nova decoração do meu quarto. Logo pretendo compartilhar com vocês tudo o que vai mudar no meu cafofo e espero que gostem! 

Enfim.. Hoje trouxe uma indicação pra lá de especial para vocês. 
Eu realmente me apaixonei por essa animação... E acho que vocês também irão! 



Com roteiro da dupla Tom J. Astle e Matt Ember, ''Home'', nome em inglês do título, conta como o planeta terra é invadido por seres extra-terrestres chamados Boovs. Eles vem em busca de uma nova casa e já chegam causando dado que levam os seres humanos para um lugar isolado onde vivam sem o entendimento do ocorrido, da causa e dos causadores. É visível que tal ação é tomada muito mais por medo do desconhecido do que por vilania. Todavia, liderados pelo capitão Smek (Steve Martin na voz original), os Boov acabam também banindo Oh (Parsons) para viver afastados deles, em razão de suas trapalhadas e confusões. Só que quando o roxinho desastrado, por acaso, conhece a linda garota Tip (Rihanna), eles iniciam uma amizade que os levará ao redor do mundo para descobrir porque a garota foi deixada para trás e separada da mãe,  que é dublada pela atriz Jennifer Lopez
O filme é uma delícia. Visualmente ele é bem caprichado e tem uma trilha sonora muito vibrante. 
Os efeitos também são super notáveis. A versão que vi foi a dublada, mas acredito que esteja bem fiel a legendada (que pretendo ver depois). A personagem de Rihanna parece mesmo ter sido escrita para ela, pois vem de Barbados como a popstar. Jim Parsons que interpreta Oh se sai otimamente bem, em vista da fofura e perspicácia do papel, mas o que emociona com vigor é a conexão que Oh  cria com Tip. 
A amizade entre eles é puro amor. Steve Martin ganhou um belo de um papel também. Seu capitão Smekday consegue oscilar tons de comédia, maldade, covardia e excentricidade. Hiper a cara de Martin! Jennifer Lopez, que dubla a mãe de Tip, tem poucas cenas, mas são suficientes para dizer que ela curtiu participar do projeto e foi bem na parte que lhe coube.

A direção de Tim Johnson (Como Treinar Seu Dragão) agrada muito e consegue ultrapassar alguns tons negativos do roteiro como o fato de os Boovs serem invasores e não considerarem a vida e o ambiente daqueles que vivem no lugar antes deles chegarem ali. E algo realmente legal e positivo do filme é a diversidade dos personagens. Crianças negras, brancas, mulatas, latinas. Todas tem sua vez. Não há como não se identificar, pois são todas tão lindas e reais que rola reconhecimento no ato. Inclusive, algumas crianças têm postado fotos na rede (próximas a imagem de Tip) dando a entender que elas se identificam com o que vêem. Isto revela muito da importância das representações artísticas. Até porquê as crianças são seres muito sagazes (nem preciso explicitar isto), mas enfim, se reconhecer em algo é sempre objeto de comparação e pode as dar noção de que elas fazem parte de nações distintas, porém que não devem ser excluídas por isto. Diferente do que acontece em alguns filmes com princesas loiras e esbeltas que passam a trama em busca de um príncipe encantado. 
Aqui Tip luta pelo seu lar, viaja,  faz amigos, se diverte e ainda conhece um alien fofura que muda de cor e sabe dançar. 

Oh é apaixonante!  

Espero que gostem, e se liguem que ta rolando sorteio lá na page do #DF vem participar! 


Nos Sigam nas Redes Sociais

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados