Papo de amiga - Gordofobia

Leia mais

6 filmes de terror que vão estrear em 2018

Leia mais

Virei mãe de gato e agora?

Leia mais

7.7.15

Regras Básicas da Vida



Hi Guys! Como estão?

Peço desculpas pela minha ausência durante as últimas semanas, estou na reta final da minha atual fic no Nyah e a minha mãe acabou trocando alguns móveis da casa, acabando com os lugares que costumava escrever. Ou seja, acabei ficando sem criatividade nenhuma. Talvez isso soe sem nexo pra vocês, no entanto ter um lugar para escrever é uma questão fundamental pra mim.
Costumo dizer que sou uma espécie não identificada! (Risos)


Hoje eu não pretendia publicar e nem dar sinal de vida essa semana, porém tive a ideia de compartilhar algumas das minhas regrinhas básicas da vida.




1ª - Mude por você e não para agradar os outros!

Desde que saí da minha adolescência e levei algumas rasteiras da vida, descobri que tudo melhora quando você passa a fazer as coisas porque quer, se aceita e que muda algo por achar  que é certo sem a influência de uma segunda pessoa.


2ª – Não faça com os outros o que você não gostaria que fizessem com você!

Eu acredito muito na lei do retorno. Acho que tudo o que desejamos ou fazemos para alguém volta pra gente em algum determinado momento da vida, em dobro ainda.
 Por isso que sempre me coloco no lugar da outra pessoa. Ser justa sempre.


3ª – Dê espaço para as pessoas!

Eu não sei se o meu signo tem alguma influência nisso ou porque nasci com os pés virados pra lua mesmo, apenas ODEIO me sentir sufocada por alguém. Odeio que me pressionem após dizer um claro “não” ou ficam dando lição de moral quando digo que tenho uma necessidade gigantesca em passar um tempo sozinha.


4ª – Nunca diga nunca!

Aderi a essa regrinha após perceber fazer um monte de coisas que jurei para algumas amigas que jamais faria. Tomo muito mais cuidado na hora de usar essa palavrinha, pois ela tem um poder gigantesco.


5ª – Não faça propaganda da sua personalidade para os outros como se fosse algum ser perfeito!

Aprendi que em 89% dos casos de quem gosta muito de vender o seu produto para os outros, é bem provável que a descrição verdadeira seja completamente diferente. Portanto, quem sou eu interessa apenas e exclusivamente a mim.


6ª – Deixe a vergonha de lado e seja gentil!

Essa regra não precisa de explicação. Dê o seu lugar para alguém mais velho, abrace alguém que está triste ou simplesmente aperte a sua mão lhe transmitindo força, converse com um desconhecido e transforme a sua solidão em um amigável papo... Apenas faça algo legal.


7ª – Pare de pensar que todo mundo tem inveja de você!

Eu ainda odeio que as pessoas comprem as coisas só porque me viram usando, mas aprendi que não posso classificar como inveja... Existem pessoas que se movem, vestem e se portam a base de exemplos, ou apenas se identificam com o teu jeito, não se importando nem um pouco em parecer uma gêmea siamesa. (Risos) Nem todo mundo é como eu, que gosto de ter as próprias manias.


8ª – Crie suas próprias coisas e não roube a ideia de ninguém!

Cheguei a um ponto que sinto uma necessidade enorme de criar coisas só minhas, seja em relação as minhas estórias ou aqui no blog. Preciso ler algo, estufar o peito de orgulho e dizer: “Fui eu que fiz... Ficou uma merda, mas ainda assim isso é meu!”


9ª – Agradeça sempre!

Sou o tipo de pessoa que agradece até quando alguém me devolve algo que emprestei ou agradeço por um favor que a pessoa nem sabe se pode fazer.


10ª – Seja feliz com o que tem!

É claro que um dia ainda quero conhecer acordar na França, Escócia, Estados Unidos, Grécia, Itália e em muitos outros lugares. No entanto isso não quer dizer que não sou feliz com a casa que tenho, a família que possuo ou a roupa que visto – muito pelo contrário, agradeço todos os dias por estar viva e ter uma família que é unida, que faz o que pode para viver a vida com um sorriso no rosto.


(Foto: 123mobilewallpapers.com)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Espero que tenham curtido!

Até mais! 

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados