Fazendo jus a cor Azul - Saga Percy Jackson

Leia mais

Inspire-se: BFF Fotografia

Leia mais

Fazendo jus a cor Azul - Um game Diferente

Leia mais

14.10.15

Começando

Oi gente! Tudo bem?

Não acho que exista uma fórmula mágica para começar a correr. As pessoas, definitivamente, não começam do mesmo jeito!
Tem gente que decide virar corredor e resolve simplificar, se inscrever direto em uma consultoria para ser bem orientado e aprender como correr da maneira correta, o que é ótimo!

Outros passam naturalmente da caminhada para a corrida acrescentando, aos poucos, pequenos trechos de corrida à caminhada.

E também tem aqueles que pesquisam planilhas e começam a seguí-las por conta própria.

O que funciona para um, não necessariamente funciona para outros.


"CORRER OU NÃO CORRER, que pergunta estúpida!"
E você resolveu correr e não sabe como, mas convencida de todos os benefícios da corrida calça seu melhor par de tênis, elabora uma super playlist e manda ver! Já consegue até se vizualizar na próxima São Silvestre, dando tchauzinho para as câmeras da Globo. Qual não é sua surpresa quando após uma quadra, está morrendo! 

Nesse momento aparecem aqueles pensamentos do mal: “Não é pra mim! “, “Nunca vou conseguir!”, “Minha estrutura física não permite” (!?!?), “Vou pra casa me jogar no sofá e detonar um pacote de Bono que eu ganho mais!”. 

Nãããão! Larga já esse pacote de Bono menina! Você não vai ganhar nada com isso! 

Calma!!! Isso pode acontecer sim! Especialmente se você não tem um bom condicionamento físico!


A primeira vez que eu tentei correr na esteira, eu corri apenas 1 minuto! 

Aos poucos fui acrescentando tempos maiores de corrida em minha caminhada, sempre movida pelo desafio, e em pouco tempo já corria 20 minutos (bem menos de um mês)! 

Quando eu corri 20 minutos pela primeira vez percebi que “o céu era o limite!!!” . Isso porque para os iniciantes a parte mais difícil da corrida está entre os 5 a 10 primeiros minutos da corrida, depois, eu prometo, fica bem mais fácil! A fadiga diminui horrores! Tem a ver com o aquecimento e distribuição de ácido lático. Como não sou nenhuma especialista e não quero falar bobagens pra ninguém deixarei para explicar esse história uma outra hora quando tiver pesquisado mais a fundo. 

De qualquer forma, o importante é você começar devagar! Não vá sair feito uma louca correndo até passar mal e se arrebentando inteira! Tenha paciência e persista que irá compensar!

"A voz na sua cabeça que diz que você não pode fazer isso é uma mentirosa."
Se você não faz absolutamente exercício nenhum, comece com caminhadas e aos poucos acrescente alguns minutos de trote (corrida bem levinha) à sua caminhada.

Por exemplo, se exercite por 30 minutos alternando 4 minutos de caminhada e 1 de corrida e, aos poucos, vá aumentando o tempo de corrida e diminuindo o de caminhada.

Você pode, também, seguir uma planilha para iniciantes, o que você pode conseguir através da internet ou revistas especializadas em corrida.

O trote é uma corrida bem levinha, como se fosse o cooper de antigamente, lembram? É algo entre a corrida leve e a caminhada rápida!

"Você não precisa ir rápido, você só precisa ir."
E lembre, não adianta querer sair correndo muito rápido já no começo, evolua aos poucos para não se machucar e não se frustrar. 

Outra coisa que você pode fazer também, é buscar uma consultoria esportiva e eles saberão elaborar um treino sob medida para você! 

Se você está sedentária aconselho a procurar um médico e a fazer os exames de rotina antes de sair correndo por aí! 

Tenha toda a certeza do mundo que você vai conseguir! E que vai ficar muito, muito feliz por entrar no time das corredoras! 

O bichinho da corrida morde rápido! Em pouco tempo você não poderá imaginar sua vida sem correr!


Você está começando agora? Conte para gente seu treino, sua experiência, suas superações e dificuldades! 

Você já é veterana? Conte como foi seu início e passe as dicas para as iniciantes! 

Muitos beijos e troque a bolacha Bono pela batata doce que é comida de atletas como você amiga! #desanimanao

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados