Fiz um Book Fotográfico, por Tainan Amorim

Leia mais

Papo de amiga - Gordofobia

Leia mais

Ser reservado não é tão ruim

Leia mais

26.11.15

Ativos em Maquiagens por Ateliê da Estética

Hey Guys, como estão? 
Fechamos mais uma bela parceria (Aqui) e hoje é dia de indicar um dos seus posts. 
Eu particularmente amei vários e fiquei bem indecisa, então espero que gostem!

Quem não ama make né? Eu sou uma que vivo cheia de coisas no rosto e muitas vezes não dou atenção para os ativos ali contidos. Este post da Jamis chamou muito minha atenção... confere ai.

Ativos em maquiagens prejudiciais a nossa saúde 

Então vamos começar:

Propilenoglicol: Este ingrediente tóxico é usado em produtos de maquiagem. Sempre aparece com o nome de PEG e PPG. Ambas as formas podem levar às erupções cutâneas ou eczema. Quando misturamos glicerina vegetal e álcool de cereais entre si forma o propilenoglicol. Portanto ao preparar produtos de beleza caseiros, evite juntar os dois ingredientes. Então diante de tudo isso, o melhor é sempre procurar produtos de beleza o mais natural possível. Sabemos que existem substâncias químicas em tudo que consumimos. Portanto optar por produtos que não nos fazem tão mal é bem melhor. Afinal ficar bonita é o desejo de todas nós, porém ficar com problemas de pele ou outro problema, nem pensar.

As nanopartículas: As nanopartículas mais usadas em produtos de maquiagem são o óxido de titânio e o óxido de zinco. Estas partículas são nocivas e quando absorvidas pela pele causam problemas na mesma como a descoloração da pele e o ressecamento.

Timerosal: O Timerosal é a forma do mercúrio que é usado em produtos de maquiagem, muitas vezes para conservar. A maioria das marcas de rímel usa mercúrio para lhe dar uma textura adequada. Uma gota deste produto químico, que entre nos olhos, pode causar danos cerebrais graves.

Parabenos: São utilizados em produtos de maquiagem, particularmente 4: o propilo, butilo , etilo e metilo. São usados como conservantes. E são baratos e como as empresas só visam lucros… Grande parte dos parabenos pode causar irritações e reações alérgicas. Estão também ligados na incidência cada vez maior de câncer de mama, mediante pesquisas feitas.

Destilados de petróleo: duas substâncias derivadas do petróleo, o óleo mineral e a parafina líquida, são utilizadas em produtos de maquiagem. Estas substâncias podem causar câncer e causar danos nas células do cérebro. Elas estão presentes em máscaras, por exemplo. Estes ingredientes passam por um processo de refinação e sabemos que tudo que é refinado traz uma gama de substâncias tóxicas. Eles são usados não porque trazem benefícios, mas sim porque são baratos. Prefira aqueles produtos que contenham óleo vegetal este sim só traz benefícios. E olha que uma grande marca de óleo de bebê é à base deste óleo mineral, portanto todo cuidado é pouco.

Ftalatos: São substâncias comumente utilizadas em produtos que usamos habitualmente, como: papel de parede, cateteres, bolsa de sangue, mamadeiras, mordedores de bebês, garrafas descartáveis e esmaltes de unhas, entre outros. Em especial, ele é prejudicial para a mulher grávida. O uso constante desta substância pode provocar o nascimento de uma criança estéril. Provoca também irritação nos olhos, perda do cabelo e a ressequidão da pele causando a formação de uma escamação branca. Se não bastassem estes problemas, ainda pode causar danos ao fígado, aos rins e ao pulmão. Estão dentro das substâncias classificadas como “prováveis causadoras de câncer”.

Dietanolamina: também conhecido com DEA. Este é um agente umectante usado na maioria das loções, cremes e em todas as formas de maquiagem que são líquidas. Este produto tem propriedades cancerígenas e também diminui os níveis de colina na pele e inibe o funcionamento dos neurônios, as células cerebrais.

...

Quer continuar a ler está matéria? Clique aqui 

E claro... Não se esqueçam de seguir o Ateliê da Estética nas redes sociais 


Esteja com a gente também:

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados