Diga não a Gordofobia

Leia mais

Sorteio de Réveillon

Leia mais

Papo de Amiga - Morar "sozinha"

Leia mais

30.9.16

Projeto Fitness: A diferença entre musculação e crossfit.


Boa noite meninas, o projeto fitness dessa semana vem trazer o assunto do momento, e que está deixando bem confuso os amantes da academia. 
O crossfit está em alta e tem muita gente treinando, mas as academias continuam lotadas, ou seja, tem espaço para todo mundo. Mas muitos ainda estão em dúvida entre um e outro, e para não tomar nenhuma decisão precipitada e acabar se frustrando depois, compare os dois e você mesma escolhe o que mais combina com você.


CONHECENDO CADA UM

MUSCULAÇÃO

A academia é um ambiente que te abre várias possibilidades de treino, para ganhar e tornear os músculos, e até socializar. “Eu defino como a arte de moldar. É um trabalho com pesos e sobrecargas que pode ser para vários objetivos, como perda de peso, recuperação muscular, reabilitação de determinada lesão, hipertrofia (aumento de massa magra) e performance esportiva”, diz LÍCIA CERQUEIRA FERREIRA, atleta do fisiculturismo feminino, PERSONAL TRAINER ESPECIALISTA EM FISIOLOGIA e sinesiologia do exercício, mestre em treinamentos esportivos e doutoranda em ciências do esporte.

CROSSFIT

Ele é treino em grupo com exercícios cíclicos (bicicleta, corrida, remada, pular corda, etc.), com movimentos de ginástica com o peso do corpo e levantamento de peso utilizando o corpo inteiro e não partes dele, como na musculação. “A gente tem como compromisso trabalhar a aquisição de condicionamento físico. Não se específica ‘preciso melhorar ou aeróbio’, ou ‘ganhar mais massa muscular’, trabalha-se o corpo por inteiro. Um grande trunfo do crossfit é nunca repetir treino, cada dia de treino é diferente do outro e isso acaba sendo estimulante para quem não gosta da obrigatoriedade de ter que malhar aquele grupo muscular naquele dia ‘x’”, explica ALEX MIASAKI, professor (o termo técnico é ‘head coach’) da Crossfit Jardins, em São Paulo.

É comum você brigar diariamente com seu limite físico. Mas o crossfit te faz descobrir, que ele é, na verdade, bem maior e mais resistente que o seu limite psicológico. “Muita gente desiste antes do que realmente aguenta. Nos primeiros meses, as pessoas não mudam apenas fisicamente, mas mentalmente também”, afirma.


UMA COISA É CERTA: O ALUNO DE AMBAS QUER ENTRAR EM FORMA COM SAÚDE E SEGURANÇA.

PERFIL DO ALUNO

CROSSFIT

Prefere uma atividade mais dinâmica e com mais interação interpessoal . “Em grande parte são pessoas que estão entediadas com a rotina da academia, não só da musculação, mas a forma como ela é estruturada”, diz o professor.

MUSCULAÇÃO

Uma das vantagens aqui é o fato de você chegar e malhar a hora que quiser, pois seu treino não está atrelado a aulas. “Mas também tem muita gente da terceira idade que vem por indicação médica para fortalecimento muscular, assim como, por exemplo, hipertensos, asmáticos e diabéticos (para manter a glicemia equilibrada), que buscam uma rotina de exercícios, importante para parte do tratamento e melhora da saúde”, ressalta Lícia.

Ambas as modalidades trabalham com treinos que respeitam e se adequam à individualidade da pessoa- para isso, a avaliação médica é imprescindível.


O CROSSFIT PODE SER MAIS RÁPIDO PARA A QUEIMA GORDURA, PELA ALTA INTENSIDADE DOS EXERCÍCIOS.

QUEIMA DE GORDURA

MUSCULAÇÃO

Engana-se quem pensa que aquela meia hora de exercício aeróbico é a única solução para queimar gordura na cademia. De acordo com a profissional, “há muitos métodos de musculação além do aeróbico que você pode lançar mão para produzir essa queima. O próprio treino de hipertrofia já auxilia, mas dá para variar aspectos como volume e intensidade , e claro, lembrando que uma reeducação e periodização (não faltar) são fundamentais para secar os quilinhos a mais”.

Além disso, há academias que trabalham com um plano de aulas que estimulam esse gasto calórico maior, como zumba, spinning, etc. São soluções para quem não gosta muito da esteira e bicicleta, por exemplo.


CROSSFIT

A essência do crossfit não é queimar mais gordurinhas ou deixar mais forte. Isso é resultado do sistema de treinamento. “Com exercícios variados e de alta intensidade, mesmo em período muito curto, 15, 10, 5 minutos, você tem um gasto calórico que se estende por horas após o término e acaba ganhando condicionamento aeróbio por causa disso”, afirma Alex. Sendo assim, por conta da intensidade, o gasto nesse curto período de tempo pode acabar maior que o equivalente a uma hora de esteira.



PARA GANHO DE MASSA MUSCULAR, A ACADEMIA É O MAIS INDICADO. 

GANHO DE MASSA MUSCULAR

MUSCULAÇÃO

O trabalho aqui é desenvolvido atráves de treinos que envolvem máquinas e pesos livres. Essa combinação busca não só aumentar como definir o corpo. A personal ressalta que “ela não se resume só há muita carga. Ela tem uma estratégia que trabalha com intensidade também, mais uma vez, adequada à pessoa. O básico é treino + dieta + descanso”.

CROSSFIT
Pela característica do treino de trabalhar com alta intensidade, quem for sedentário apresenta um ganho de massa muscular. “Agora, quem já vem da musculação, se a procura é ganhar massa com o crossfit, vai se decepcionar porque a chance de diminuir a massa é muito maior, porém, a definição muscular é muito mais rápida também. Você perde volume e ganha definição”, esclarece o treinador.



O TEMPO É TRABALHADO DE MODO DIFERENTE EM CADA ATIVIDADE.

TEMPO

CROSSFIT

60 minutos por dia são suficientes. O horário não é fixo, fica a cargo da agenda do aluno. “Cada aula tem uma hora de duração e por conta de espaço físico existe um limite máximo de pessoas por aula. A aula é programada para ter espaço e equipamento para todo mundo. Um treino que duraria em torno de uma hora e meia na academia, conseguimos condensar em uma hora”, diz Alex.

MUSCULAÇÃO

O tempo na academia vai muito de pessoa para pessoa. Existe sim o fator lotação, horários de pico, etc, mas Lícia enfatiza que “é preciso se concentrar mais nos seus treinos. O social não é errado, a academia é uma válvula de escape para muitos, mas você pode ter as duas coisas, é só se organizar direitinho, para fazer um sem esquecer o objetivo do outro”.

Dá para fazer os dois? É possível, mas a grande dificuldade vai ser casar os treinos, já que a musculação trabalha com exercícios programados e o crossfit com um treino novo todo dia. 

TEM QUE TE DAR PRAZER. ACIMA DE TUDO, VOCÊ TEM QUE SE SENTIR BEM!
Eu amo, tanto o crossfit quanto a musculação. Crossfit recomendo pra quem não gosta de rotinas, rs.
Qual treino combina mais com você?

0 Comments:

Postar um comentário

 
Posts Relacionados