20.12.12

2012 : Mito ou verdade ?


Mito ou Verdade ?


Em diversas culturas ancestrais o ano de 2012 é marcado nos calendários como o “apocalipse”, o “fim do mundo”, “o juízo final”, “o fim de um ciclo” e, nos mais otimistas, “o ano em que esta era terminará e outra, melhor, será iniciada”.
Maias, Egípcios, Celtas, Hopis, Nostradamus e diversos profetas, Chineses e Budistas, WebBots, Cientistas e Religiosos das mais diferentes crenças afirmam que algo extraordinário ocorrerá em nosso planeta em 2012 (ou antes).
Nunca antes uma data foi tão importante para muitas culturas, para muitas religiões, cientistas e governos.

-x-

O que acontecerá na Fatídica data de 21 de Dezembro de 2012?






Para muitos será o dia da aniquilação da raça humana devido a uma inversão dos pólos da Terra
Como isso seria possível? 
Devido a distúrbios nos campos magnéticos do Sol que, gerando colossais tormentas solares, afetarão a polaridade de todo o nosso planeta. 
Resultado: o campo magnético terrestre se inverterá imediatamente, com conseqüências catastróficas para a humanidade.Violentos terremotos demolirão todos os edifícios, alimentando tsunamis colossais e atividade vulcânica intensa.Na verdade, a crosta terrestre deslizará, arremessando continentes a milhares de quilômetros de sua localização atual.
Outros falam que grandes cataclismos serão gerados devido a passagem de um "astro/cometa/planeta" perto da Terra.
Seria o “Abominável da Desolação” de Jesus, a “Abominação Desoladora” do profeta Daniel, a grande estrela ardente com um facho, chamada "Absinto” do Apocalipse de João, a “Grande Estrela““o Grande rei do Terror““O Monstro” ou “O Novo Corpo Celeste” de Nostradamus, o “Astro Intruso” ou “Planeta Higienizador” de Ramatis, o “Planeta Chupão” citado por Chico Xavier, ou o “Planeta X”procurado pelos astrônomos, ou o “12º planeta” de Zecharia Sitchin, ou o “Nibiru/ Marduk” dos Sumérios, ou ainda o “Hercólubus” dos estudiosos da Gnose.
Para os cientistas da NASA a data desse acontecimento será marcada pelas piores tormentas solares da história.

-x-

Juízo Final 




Outros esperam pelo “Juízo Final” com a separação espiritual do “joio e do trigo” (visão bíblica), que se dará com a chegada de Jesus Cristo, ou através de uma visão mais atual com relação à seres extraterrestres, ou mesmo com o colapso total da civilização humana baseada no materialismo/egoísmo (fim do sistema econômico) e início de uma nova civilização voltada ao espiritualismo, amor e fraternidade.
Nesta mesma linha de “juízo final”, a teoria sobre a chegada dos seres extraterrestres se dará após um cataclismo provocado pela chegada do “segundo sol”, ou também conhecido como o "Planeta "X" / Nibiru", citado anteriormente.

Não podemos esquecer que na visão espiritualista do “fim do mundo”, o lado material (catástrofes, fim do dinheiro, materialismo, consumismo, etc) é colocado em segundo plano. Não que isso não acontecerá. Eles falam que sim, mas o que vai separar um mundo do outro é uma mudança consciencial: a consciência egoísta e individualista “sou ser humano, pertenço ao planeta Terra” morrerá e nascerá a consciência universalista “sou a encarnação de um espírito, pertenço ao Universo”.

Segundo essa crença, os espíritos reprovados no “juízo final”, ou seja, aqueles que não mudarem a consciência frente as últimas “provas”, serão exilados no "Planeta "X" / Nibiru" e terão que recomeçar do zero todo o processo de reencarnação, enquanto que os aprovados para a nova Terra vão estar livres de recordações do passado e qualquer traço de egoísmo e individualismo. Serão os habitantes da Terra de regeneração (como os espíritas falam).

-x-

Calendário Maia


A mais ou menos 300 anos desaparecia a mais extraordinária civilização pré-colombiana: os Maias.

Até hoje os pesquisadores do mundo inteiro se intrigam diante das maravilhas artísticas do conhecimento científicos deixados por eles, cuja proeza civilizatória se compara à dos egípcios na Antigüidade.
Os Maias atingiram seu apogeu entre 435 a 830 D.C. e sua cultura estava centrada na concepção que tinham do tempo, distinta da nossa idéia mecanicista e linear da temporalidade. A descoberta do túmulo do rei-sacerdote Pacal Votan na Pirâmide de Palenque no México em 1947 abriu uma nova página nas pesquisas sobre o povo Maia.



A decodificação dos sinais contidos do interior do Templo das Inscrições permitiram uma maior compreensão da cultura Maia, que concebiam a Terra como um ser vivo orgânico. Outra característica importante da concepção Maia do tempo é a ênfase em sua manifestação quadrimencional. Nesse ponto, a lógica matemática e física dos Maias aproxima-se da teoria de Albert Einstein, que intuiu a complexidade do tempo como a evidência de uma dinâmica inteligente, cuja compreensão ultrapassa os parâmetros tradicionais do conhecimento humano.


O principal legado cultural dos maias foi seu Calendário Sagrado, o Tzolkin.Treze números e vinte símbolos formam sua matriz, a partir da qual os Maias não só estabeleceram uma extraordinária contagem do tempo, como também reuniram os conteúdos referenciais indispensáveis para que possamos alcançar o verdadeiro equilíbrio interior, a dimensão altruísta necessária para a auto-realização, ou seja, a paz.O Tzolkin explicita ideograficamente a dimensão radial e cíclica do tempo Maia, harmoniosamente sincronizado com os fenômenos da natureza.
Graças à exatidão do calendário, o mais perfeito entre os povos mesoamericanos, os Maias eram capazes de organizar suas atividades cotidianas e registrar simultaneamente a passagem do tempo, historiando os acontecimentos políticos e religiosos que consideravam cruciais.


Entre os Maias, um dia qualquer pertence a uma quantidade maior de ciclos do que no calendário ocidental. O ano astronômico de 365 dias, denominado Haab, era acrescentado ao ano sagrado de 260 dias chamado Tzolkin. Este último regia a vida da “gente inferior”, as cerimônias religiosas e a organização das tarefas agrícolas.


O ano Haab, e o ano Tzolkin formavam ciclos, ao estilo de nossas décadas ou séculos, mas contados de vinte em vinte, ou integrados por cinqüenta e dois anos.


Eles estabeleceram um “dia zero”, que segundo os cientistas corresponde a 12 de agosto de 3113 A.C. Não se sabe o que aconteceu nesse dia, mas provavelmente esta se trata de uma data mítica.



                                                                                 -x-

Solstício em 2012



A partir deste dia os ciclos se repetiam. Entretanto, a repetição dominava a linearidade.
Podiam acontecer coisas diferentes nas datas anteriores de cada período de vinte ou cinqüenta e dois anos, mas cada seqüência era exatamente igual à outra, passada ou futura.
Assim diz o Livro de Chilam Balam: “Treze vezes vinte anos, e depois sempre voltará a começar”.
A repetição cria problemas para traduzir as datas Maias ao nosso calendário, já que fica muito difícil identificar fatos parecidos de seqüências diferentes.
A invasão tolteca do século X se confunde nas crônicas Maias com a invasão espanhola que ocorreu 500 anos depois.
Por isso, os livros sagrados dos maias eram simultaneamente textos de história e de predição do futuro.
Na perspectiva Maia, passado, presente e futuro estão em uma mesma dimensão.
Sabe-se que foram feitas previsões futurísticas através do calendário Maia, como o da a chegada do homem branco.
Hernan Cortez em 8 de Novembro de 1519, muito tempo antes, e o fato realmente aconteceu.
Estudando-se o Calendário Maia, verificou-se que o mesmo indica que algo muito grave acontecerá em nosso planeta no solstício de 21/12/2012, data em que se encerra um "ciclo" temporal em seu curso.
Esse acontecimento na data citada será tão grave e tremendo, que o mundo conforme conhecemos desaparecerá.

Consultando-se astrônomos foi verificado que realmente haverá um solstício em nosso planeta em 21/12/2012fato em que o Sol se alinhará com o centro de nossa galaxia, a Via Lactea.

-x-

Calendario Maio, Apocalipse, Juizo Final, Zumbis, mesmo todas essas coisas parecendo impossiveis tem gente se preparando para o fim do mundo em 2012. Vamos ver ?

-x-

Cofre do Fim do Mundo - Arca de Sementes




Para os governos e a ONU algo terrível está para ocorrer com nosso planeta, por isso foi inaugurado no início de 2008 o “cofre do fim do mundo” que visa abrigar sementes de todas as variedades conhecidas no mundo de plantas com valor alimentício, com o objetivo de realizar um "recomeço" após a ocorrência de um grande cataclisma.



 Em uma montanha gelada da Noruega, próximo ao Pólo Norte, foi construído um cofre, apelidado de o “Cofre do Fim o Mundo”, ou, a Arca de Noé do Fim do Mundo”.
Inaugurado em 26 de fevereiro de 2008, este cofre guarda o tesouro genético do planeta. 
É um projeto ousado de preservação da vida vegetal. Pretende-se conservar mais de 4,5 milhões de espécies de todas as partes do mundo. 
Mantido em segurança máxima, está protegido de desastres naturais, até mesmo, de possíveis guerras nucleares.
Quem coordena o projeto é a Global Crop Diversity Trust, organização criada pela FAO (órgão das Nações Unidas para agricultura), juntamente com a Noruega.A nova “Arca de Noé” se encontra em uma caverna no final de um túnel de 120 metros, escavado em rochas geladas a70 metros de profundidade, mantida a 20ºC. 
A escolha do local, círculo polar Ártico, foi devido a seu clima e geologia ideal para o projeto. 
O local resiste a atividades vulcânicas, sísmicas e ao aumento do nível do mar. 
A área tem baixo nível de radiação, fundamental para a manutenção do DNA das plantas. Na temperatura que estarão conservadas, as sementes de trigo e cevada, por exemplo, podem sobreviver mais de 10 mil anos.

Caso haja falta de luz na caverna, as sementes não serão danificadas, pois, o permafrost (solo permanentemente congelado) impede que a temperatura fique acima de -3,5ºC, garantindo por até 200 anos a sobrevivência das sementes.
Para que as sementes sejam transferidas de um país para o outro, para o Banco Internacional de Sementes de Svalbard, será feito um acordo entre o governo norueguês (proprietário do banco) e o país doador, (dono do material genético). 
As únicas sementes proibidas são as transgênicas, proibição imposta pelo governo norueguês.A colaboração para o projeto conta com a participação do governo de diversos países como Estados Unidos, Canadá, Suíça, Inglaterra, Austrália, Brasil, entre outros.
O Brasil já enviou algumas sementes e tem grande potencial de ajuda para o projeto, pois, a Embrapa possui o 7º maior banco genético do mundo.É um projeto ousado, mais fundamental para a sobrevivência da vida no planeta caso ocorra ma enorme catástrofe, ou mesmo, extinção de algumas das espécies guardadas.

                                                                                                         -x-

         Na minha opinião, o mundo não irá acabar (A nasa tambem já confirmou isso) porem ha muitas pessoas por todos os lados do mundo apavorados com o que vai rolar no dia 21/12/2012.
                                      Gente já é amanhã, espero que o mundo não acabe !

        Mais lembre-se não dá para acreditar em tudo que se le na net nem em tudo o que se fala no mundo, afinal apenas Deus tem domínio sobre o mundo, apenas ele pode decidir o que vai acontecer amanhã.

                                                                                                 Por Tainan Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário