9.3.18

Ser Mulher!!!

Oi, oi, oi, como vai você?
Espero que esteja bem, estamos na semana das mulheres, onde essa semana todo mundo ama e respeita a gente! Yayyyy!
Então pra começar, feliz nosso dia a todas a mulheres fodas e incríveis do mundo, que estão ou não batalhando pra ter uma vida descente e melhor, que estão ou não lutando contra o machismo, o patriarcado e a segregação, que estão ou não buscando um mundo melhor, se empoderando ou não, se aceitando ou não, se amando ou não. Você é livre para fazer o que quiser! 


Daí vem aquele monte de mensagem, com flores, bombons e mulheres “lindas”, lindas entre aspas, porque sim, continue lendo que você vai entender.
Ser mulher não é uma coisa fácil, você vai crescendo e vem a puberdade, menstruação, TPM, cólicas horríveis que parece que o capiroto tá no seu útero praticando yoga (se você não passa por isso, eu te invejo de uma forma boa), vem as pressões sociais, ser magra, ser feminina, se comportar como mocinha, amadurecer, arrumar namorado, casar, ter filhos, ter e cuidar da casa e etc.
Vamos por partes? Vamos!

Menstruação é um tabu, todo mundo sabe que meninas/mulheres menstruam, mas ninguém pode ver ou saber porque é nojento. É cuidado com a roupa pra não manchar, é esconder absorventes quando vai trocar, é disfarçar os sintomas da TPM, porque vamos combinar, em um dia comum tudo é TPM, “nossa como você está brava, está de TPM?” pergunta o sujeito que fez alguma merda e te irritou, que furou fila, que foi grosso, que explicou o que você já sabe, que *insira aqui coisa que as pessoas fazem e te irritam, mas você não pode dizer nada, porque se não vão achar que você está de TPM*. Nós mulheres menstruamos, nós sangramos e temos TPM sim, é normalmente é uma merda, essa semana meu namorado me abraçou e eu comecei a chorar do nada, aí eu comecei a rir, pois não sabia porque estava chorando. Foi lindo, sqn. A gente tem mudanças de humor e não é legal, respeita, mas nem tudo é TPM, as vezes é só falta de saco pra gente babaca mesmo ou mau humor, ou vai dizer que homem não tem mau humor e falta de paciência? Pois é, eu imaginei.
Você é mulher tem que se cuidar, ser magra. Não tem não!!! Se você quer ser fitness, magra e tal, tudo bem, seja, mas você não tem que ser. Algumas pessoas tem problemas de saúde, de hormônio, de metabolismo e mais "n" coisas, que fazem que seus corpos não sejam igual das modelos de revista e atrizes da globo ou Hollywood, algumas simplesmente não ligam pra isso, e tá tudo bem, você pode ser gorda, magra, fitness, esbelta, seca, encorpada ou qualquer outro tipo de corpo, desde que se sinta bem! (veja o projeto no blog sobre amor próprio e aceitação, que é maravilhoso, as entrevistadas são divinas, aqui, aqui e aqui), mas isso é bem complicado pra muitos casos, meu caso, se você perguntar pra uma pessoa gorda, se eu sou gorda, possivelmente a resposta vai ser não, mas se você perguntar pra uma moça magra, possivelmente a resposta vai ser sim, é um tema complicado, a gente se aceitar e se amar é bem difícil, não precisamos de crítica dos outros,  precisamos de apoio e amor. E Não venha com essa de “pensa na sua saúde”, porque você não fala isso pro seu amigo que bebe todo dia, ou que fumo feito um louco. Respeita e aceita, se não é da sua conta, não de pitaco.
(campanha Dove)

E sobre ser feminina? Ah... como isso me cansa, quem foi o abençoado (pra não dizer palavrão), que inventou o guia “como ser feminina”? Pega essas normas e enfia no nariz!!! Ser feminina não quer dizer gostar de rosa, usar vestidos floridos, ser sexy, ser sensual, ser elegante, invente seu estilo, goste do que quiser, use o que quiser, você não precisa e não deve seguir padrões, saltos machucam, tem mulheres alérgicas a perfumes e maquiagens, dai vem nego das profundezas do além dar pitaco “você ia ficar tão linda maquiada, com uma roupa bonita e salto”, fio, não quero/não gosto/não posso/não uso e isso não é da sua conta, e eu sou linda até de moletom furado, camiseta esticada, chinelo e despenteada, com cara de quem acabou de sair da cama, cada um se veste, se arruma e sai como quer, seja cabelo curto, comprido, médio, seja liso, crespo, black power (que eu confesso que acho os mais bonitos), seja de trança, de tiara de unicórnio, com uma coroa, de boné, cabeça raspada ou o que for, toda mulher tem seu jeito de ser bela e feminina, se ela tá bem e gosta do que vê no espelho, ou você elogia, ou você engole sua opinião.

(campanha Charm)

Agora coisas que me irritam profundamente: “você tem que se comportar como mocinha” e “você é menina, tem que amadurecer”, ninguém fala isso pra meninos, “você tem que se comportar como mocinho, ou você ta crescendo tem que amadurecer, aliás é o oposto, “deixa ele, é menino”, “ah, ele é homem, demora mais pra amadurecer” (a sociedade se referindo a sujeito de 30 anos que não sabe lidar com o mundo ou com um fora).

(achei a cartilha aqui e adorei....)

O que me irrita nisso é que se comportar como mocinha significa não brincar, pular, correr, falar palavrão, sentar de qualquer jeito, usar roupas confortáveis, mocinha é quieta, invisível, no seu vestido rosa até abaixo do joelho, sentada de pernas cruzadas, sem voz e que não faz barulho pra respirar, que as vezes, mesmo mais nova já “ajuda” nas tarefas de casa, pois é mulher, mas o irmão, não, porque né, a masculinidade frágil dele vai quebrar (ironia). Simplesmente parem com isso ok?! Tá errado, é machista, é misógino e é horrível. Deixa a menina correr, se sujar e brincar, até ela estar pronta pra crescer. Deixa jogar futebol, falar palavrão e sentar de perna aberta, ela ainda assim é menina. Ensinem as crianças a se respeitarem, não as meninas a temerem e os meninos a fazerem o que quiser. Obrigada, pelo óbvio.


Quando você vai arrumar um namorado? Daí você arruma. Quando vocês vão casar? ¬¬
Gente, sério, pelo amor da Deusa, mulher não precisa de homem pra ser feliz, aliás, ninguém precisa de outra pessoa pra ser feliz, você tem que ser completo e feliz, pra depois, se quiser, achar alguém pra compartilhar a vida junto, aumentarem os momentos de prazer e felicidade. Casamento, namoro, relações são difíceis, términos são difíceis, você tem que aprender a estar bem com você, antes de pensar em estar bem com outro. Relacionamentos não são tudo na vida, tem quem prefira estudo, trabalho, viagens, animais de estimação e mais uma infinidade de coisas, parem de achar que pessoas solteiras tão incompletas, elas podem estar, mas podem não estar, tem gente que se sente melhor sozinho, aceita!


Daí vem a parte mais cruel do mundo: filhos. Não tô dizendo que filhos são ruins, alguns são, mas não é isso. Mulher depois que tem filho deixa de ser mulher e vira mãe, ela deixa de existir como mulher, sério. Volta a trabalhar: “e o seu filho vai ficar com quem?”, saí para jantar com o marido, com as amigas, reunião de trabalho: “mas e seu filho ficou com a babá?”, “que tipo de mãe deixa o filho com os outros pra sair?”, mas pra homem não se fala isso, aliás, se o cara fica com os filhos que ajudou a fazer, enquanto a mulher tira umas horas de folga “coitado”“que paizão, tá de castigo, enquanto a mulher foi vadiar”, se ela fica com os filhos e ele vai pro bar, futebol ou sei lá “ah.. mas coitado, merece uma folga”. Gente, homens e mulheres, que dividem uma casa, que têm filhos, tem as mesmas obrigações, tem os mesmos direitos, mulher pode ser mãe, mas ainda é mulher, assim como homem é pai e homem, parem de jogar tudo pra cima dela, e tirem do vocabulário a palavra “ajudar”, quando se trata dos cuidados da casa e dos filhos, é dever dos dois.


(imagem irônica, obrigada)

Enfim, se você leu até aqui, saiba que você é uma pessoa incrível, você é uma mulher maravilhosa, seja você, seja honesta consigo mesma, seja especial e única, seja feliz, se coloque em primeiro lugar, mas não esqueça de ser solidária e ter empatia, você não sabe o inferno que o outro tá passando, seja gentil, e sempre que puder, ofereça elogios aos outros, sinceros e simples (adorei seu batom, seu cabelo é lindo, essa blusa ficou incrível em ti, etc...) isso pode mudar o dia de alguém, você sabe o quanto elogios (elogios, não assedio) são bons pro ego e pra auto estima  e parabéns pelo nosso dia!


Beijos de luz e até.

Um beijo especial pras mulheres da minha vida, minhas amigas, minha mãe, minha sobrinha, e minhas lindas companheiras de Blog!!! ♥ ♥ ♥

Nós acompanhe também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário