6.11.18

É preciso seguir em frente

Um princípio básico da vida é: para você poder andar para frente, precisa esquecer do que ficou para trás. Desapegar de um passado que não vai te ajudar.

Desapegar do passado envolve esquecer momentos ruins e também alguns dos bons.


Eu gosto muito de usar como exemplo que a vida é uma estrada, nós somos os caminhantes que carregamos uma mochila chamada Memória, e que encontramos pelo caminho algumas pedras e flores.

Algumas destas flores são lindas e nos fortalecem quando pensamos em desistir. Outras são lindas mas também são tóxicas, nos entorpecem e nos prendem às margens da estrada ou à paisagem de onde ela foi retirada. E ainda existem as pedras - que não são lindas, que são pesadas, que não tem nenhuma utilidade mas que alguns de nós ainda insistem em carregar.


Nossa escolha é sempre o que vamos carregar na nossa mochila. E parece muito óbvio, mas na prática não é.

Muitas pessoas carregam uma mochila cheia de pedras - a amargura de ter falhado certos momentos, as mágoas por pessoas que nos feriram, os medos de que certos problemas aconteçam novamente - e assim passam a vida toda assombradas por memórias tristes. E ai, caminhando pela estrada, vêem uma flor mas pensam "não tenho tempo para vê-la, não tenho espaço na minha mochila para carregá-la".

A mochila fica pesada, nos puxa para baixo e atrasa nossa caminhada. E não conseguimos chegar onde queremos por cansaço.

Outras pessoas, carregam pedras mas também algumas flores... mas escolheram as flores erradas para carregar, carregaram apenas as flores entorpecentes. E quando o cansaço bate, páram para admirar as flores e se entorpecem pelas lembranças do que já passou, pelos momentos que viveu até alí. E ai, totalmente entorpecidas, fica muito mais difícil abandonar essas lembranças, levantar e continuar a caminhar.

Já ouvi uma vez que temos "direito de relembrar do passado". Concordo, desde que ela não atrase a caminhada.

Outras pessoas tropeçam nas pedras, passam pelas flores tóxicas sem se iludir com elas, e continua sua caminhada. Pegam apenas as flores sadias, as que fazem bem... as flores lindas porém que apenas nos fortalecem com esperança no futuro, não memórias do passado. O foco é a caminhada, é continuar a caminhar e chegar no seu objetivo. Sem se distrair, e maximizando ao máximo a caminhada, para ser sobretudo leve.

São poucas. Infelizmente. Muito poucas.

Em alguns momentos da nossa vida, é preciso abrir a mochila e largar um pouco dessas pedras por ai. Ou substituir todas as pedras por flores. Ou simplesmente virar a mochila inteira de cabeça para baixo e deixar sair tudo. Só assim poderemos continuar nossa caminhada da vida sem o peso do passado. E não temos que esperar uma doença terminal para fazer isso.

Para caminhar firme, para andar rápido, precisamos deixar as memórias ruins no chão e seguir. É preciso também deixar as flores tóxicas, que tomam nosso tempo e não ajuda na caminhada. Sem permitir que essas memórias nos aprisionem num tempo que nunca mais voltará.

Simples assim: olhar para frente e poder chegar tão rápido quanto queira. Olhar para o futuro sem o peso, sem os medos, sem as mágoas do passado, sem os vícios, sem as lembranças que não vão nos ajudar a caminhar.

Esquecer o passado e seguir em frente. Da forma mais leve possível. Essa é a lição.

Nós acompanhe também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário