2.2.19

Gentil comigo mesma

Oi, oi, oi, como vai você?
Tive ótimas coisas acontecendo essa semana, estou feliz, aliviada e grata ao universo por isso.
Espero, do fundo do coração, que você tenha dias bons e lembre-se de agradecer por eles.
Normalmente a gente aprende a elogiar muito aos outros, e uma forma de fazer isso é sendo menos, ou nós achando menos que os outros, em vários sentidos, isso não é legal, por isso, escrevi o texto de hoje, reflita e seja gentil consigo, não precisa menosprezar ninguém, para engrandecer ninguém, muito menos você mesmo. Amor, estima, gentileza, tem que começar em você, pra você, e depois refletir a sua volta.  O mundo devolve, tudo que você emite.




Eu nunca pensei, em ser gentil 
Comigo mesma 
Nunca pensei que precisasse, sabe? 
Quase todo dia, uma humilhação nova. 

Que bosta essa cabelo hoje, credo! 
Olha que linda essa espinha gigante, parece um chifre. 
Essa blusa ta apertada, pareço o mascote dos pneus... 
Eu to acabada! 
Put* que pariu, que cara estranha! 
Acordei parecendo um defunto! 
Que olheiras horríveis! 
To parecendo um monstro! 
Não devia sair na rua assim, assustar as pessoas. 
Só o cabelo se salva, nessa bosta de corpo. 

A outra lá que é bonita... 
Ela tem olhos claros! 
O cabelo dela é maravilhoso. 
Ela tem um corpo de dar inveja. 
Ela é mais inteligente. 
Ela é mais simpática. 
Ela é tão querida! 
Ela é melhor que eu! 
A outra lá, não é tão bonita, mas é tão amável! 
Bonita por dentro e por fora. 

Nunca serei assim... 
Nunca serei o bastante... 
Nunca terei o bastante... 
Sou tão medíocre. 
Tão mediana... 
Tão substituível. 
Sempre me deixo para trás. 
Sempre me deixo pra depois. 
Sempre sou menos. 
Sempre sou pior. 
Sempre sou a ultima opção pra mim. 
E as vezes, para os outros. 

Será que meus amigos, realmente gostam de mim? 
Será que eles não estão aqui por pena? 
Será que eu sou legal? 
Será que eu faria falta? 
Será que eu não to incomodando? 
Será que eu não vou atrapalhar? 
Acho melhor eu não ir. 
Acho que vou atrapalhar. 
Sei lá, acho que é pena de mim. 
Acho que é só porque acostumaram comigo. 

Eu não sou a melhor profissional. 
O outro é melhor que eu. 
Eu não sou a mais inteligente. 
Tem tanta gente mais capaz que eu. 
Eu não sou sexy, bonita, interessante. 
Ele vai achar alguém melhor. 
Vai me deixar, pois não sou o que ele queria. 
Ele merece mais que eu. 
Eu não deveria o faze ficar comigo. 

Eu sou tão pouco. 
Eu sou tão estranha. 
Eu sou tão... 
Insignificante! 

Eu nunca pensei em ser gentil comigo. 
Até que o espelho parou de ser. 
Aos poucos os outros também não. 
E tudo que eu via de ruim, foi ficando mais forte. 
Eu refletia tudo que eu odiava ser. 
Também, como seria diferente? 
Se eu só penso e falo disso? 
Se cada dia eu afirmo o quanto não sou boa o suficiente? 

To aprendendo a me amar. 
To tentando ser gentil comigo. 
Um elogio simples por dia. 
Ver uma coisa boa em mim por dia. 

Não preciso achar ninguém pior que eu. 
Não preciso me comparar com a outra. 
EU sou um ser único, complexo. 
Sim eu tenho defeitos, milhões deles até. 
Mas eu tenho qualidades, eu não sou tão ruim assim. 

To aprendendo a gostar de mim. 
Um pouquinho por dia. 
Afinal, não posso fugir de mim. 
Então, preciso me aceitar. 

Não preciso ser perfeita. 
Não preciso ser como os outros. 
Eu preciso ser como eu. 
Então, hoje eu vou ser gentil comigo mesma.

Sejam gentis com vocês mesmos e com os outros...
Espero que tenham uma semana iluminada e incrível,
Beijos de luz e até o próximo post.


Nós acompanhe também:


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário