26.2.19

O mundo pelo Avesso


Às vezes sinto como se a vida toda estivesse pelo avesso.

Coisas que sempre acreditei deixaram de ser importantes, qualidades admiradas foram esquecidas, intimidade foi trocada por internet, amor foi trocado por individualismo, 
compaixão foi trocada por comodismo.
Casamento antigamente era bom enquanto durasse, agora só dura enquanto é bom. 
Cavalheirismo agora é brega, educação agora é coisa de otário. 
O bonito é ser errado. 
Amizades são substituídas por um teclado e um smartphone, numa forma impessoal de conhecer muitas pessoas, mas nenhuma profundamente.

Crianças são educadas não para serem boas, mas para serem melhores que fulaninho. 
O referencial deixou de ser a auto-superação e passou a ser a sobreposição de outra pessoa. 
As escolas fazem provas toda semana, num stress constante e que não deixa de ser uma prévia do que vem pela frente... 
Empresas promovem quem faz o powerpoint melhor, não quem trabalha melhor e contratam quem fez a faculdade com mais nome ao invés de quem tem mais experiência.

O mundo se acostumou com o menos, com o pior, com o errado. 
E o sentimento de que ninguém está fazendo nada para mudar isso por vezes assola a alma. 
Parece que ninguém está vendo isso, ninguém tá vendo o que está acontecendo e onde isso vai parar.

"Everybody is changing and I don't feel the same..." O mundo todo está mudando, mas eu não mudei. Eu continuo sendo a mesma, porque sempre fui integralmente eu mesma. 
Sempre fui o mais honesta comigo mesma. Mas até isso, hoje em dia, está fora de moda...


Nós acompanhe também:



Nenhum comentário:

Postar um comentário