30.3.19

A vida não tem rascunho

Oi, oi, oi, como vai você?
Eu tive uma semana difícil, mas tá acabando!!!
Tô cansada e estressada (preciso de férias, mas elas estão vindo uhullll), enfim, espero que você esteja melhor que eu e tenha tido uma semana bacana.
A vida é uma coisa incrível, mas complexa, isso faz parte da beleza e magia de viver. 
Mas a vida é uma sua e ela é rápida ela quer agilidade e tudo tem que ser urgente e não dá pra fazer um rascunho e melhorar depois (infelizmente).


A gente toma decisões o tempo todo, mesmo as pequenas, as vezes pensamos como isso afeta o todo e para as grandes, normalmente a gente pensa e analisa possibilidades.
As vezes eu tenho sérios problemas com tomar decisões.
Sou péssima, geralmente, em finalizar algumas coias, tipo textos, livros, e coisas que necessitam comprometimento e dedicação.

Tenho o péssimo hábito de me comparar com os outros, de medir minha vida com a dos outros.
Ai pensei em fazer um post sobre isso, fui no bloggler e criei um rascunho.
Só que a vida real não te deixa fazer um rascunho, organizar ideias e mudar de opinião 514 vezes sobre a mesmas coisa. (#chateada)

Claro que dá pra planejar, pensar sobre decisões importantes, decidir se quer ou não algumas coisas.
Mas tem coisas que é "aqui e agora", "ou vai, ou racha", pois se você piscar perdeu a oportunidade e oportunidades perdidas, dificilmente voltam.
O que fica e volta é a dúvida.: "como teria sido?", "o que teria acontecido?", "pra onde eu iria ou onde eu estaria agora, se tivesse feito diferente?".

Tem várias maneiras de encarar a vida, se você acredita no livre arbítrio, então cada decisão muda tudo, se você acredita em destino, então você fez a única cosia que poderia fazer, decidiu pela única coisa que poderia, se seu Deus é aquele que sabe de tudo e tem um propósito para você, ele quem tomou a decisão, não você.
Mas dá pra ficar confuso, dá pra surtar pensando nisso, dá pra enlouquecer calculando as possibilidades e desejando mudar as coisas. Mas não dá pra mudar o passado.
Não dá pra voltar e desfazer, pra mudar, pra escolher outra coisa, do mesmo jeito que não da pra ter uma prévia do que vai acontecer se escolher A ou B.
A vida não permite rascunho, ensaio ou tentativas, não pra maioria das coisas.

Você pode trocar de curso de faculdade, de hobbies, de relacionamento, de livro, filme ou música favorita. Pode mudar de cidade, de amigos, de lugares que gosta de ir,  de sonhos, de emprego.
Mas não pode mudar se fala ou não com aquele estranho que te chamou atenção na rua, ou se puxa papo com a moça lendo do seu lado no ônibus, nem se diz pro seu crush o que sente, antes que passe o momento. Isso são coisas únicas, oportunidades raras, que dificilmente voltam, raramente acontecem de novo.

E as vezes, no momento é tão trivial e bobo, mas depois de um tempo aquilo te assola, te assombra e te enlouquece e você não pode fazer mais nada sobre aquilo.
Precisamos aprender a deixar pra lá, pra não morrer sufocados com as possibilidades, não sermos arrastados por uma enxurrada de dúvidas, medos bobos e arrependimentos triviais, pra não nos encontrarmos infelizes
.
Agradecer as pequenas coisas da vida, aproveitar as oportunidades, de vez em quando, pelo menos de vez em quando ligar o FODA-SE e ter 20 segundos de coragem insana e arriscar.
Se o destino está fadado, ou se deus ou o universo decidem por você, tudo vai ficar bem, se a decisão é apenas sua, sua responsabilidade e suas consequências, você vai aprender a sobreviver.

Vale lembrar que cosias grandiosas são feitas fora da zona de conforto e fazendo o que os outros ainda não fizeram, indo onde ainda não tem trilha. Ficar na zona de conforto, seguir caminhos prontos, só vai te levar até onde outros já foram e cosias que outros já fizeram.
Então é necessário decidir, arriscar e ser mais ou ser apenas mais um, igual e no mesmo lugar que tantos outros?

E ai, você tá vivendo agora ou tentando fazer um rascunho esperando conseguir passar a limpo depois?


Espero que todos tenha uma semana linda, abençoada, iluminada e maravilhosa. 
Beijos de luz e até o próximo post.

Nós acompanhe também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário