24.8.19

Meu alter ego escritor

Oi, oi, oi, como vai você?? 

Não sei pra vocês, mas pra mim, agosto sempre foi um mês longo e difícil de passar, de acabar, mas esse ano julho foi assim e agosto tá tranquilo. Amém! 

Além de escrever pro blog, eu também escrevo em geral, poesias, contos e tal, já até postei algumas coisas aqui, Por isso hoje, vim apresentar a vocês a Isabbel Such, meu alter ego escritor. 


Eu criei a Isabbel, ou nomei ela, pois ela já existe antes disso, ha 10 anos. 

Não tenho certeza do porque eu sempre gostei de inventar versões de mim, alter egos, pseudônimos ou personalidades múltiplas (não tenho transtorno psicológico, sei que elas são falsas), me sinto bem, às vezes fingindo ser uma outra pessoa. Eu sei não é muito normal isso.

Criei a Isabbel para fazer o perfil em um site de escritores, que um amigo me apresentou, adorei, sempre gostei de escrever, nunca tive muita coragem de me arriscar, me expor, a Isabbel ajuda nisso. Ela me ajuda bastante a escrever, pois quando eu “sou” Isabbel e não Fran, eu me sinto um pouco menos assustada nessa coisa de escrever, de expor, pois não estou falando de mim, do meu mundo e do meu viver, é outra pessoa, falando dela, sei que pode não fazer muito sentido pra você lendo isso, mas pra mim faz, bastante.

Porque estou falando da Isabbel hoje? 

A Isabbel, o perfil do site que eu criei ela, está quase desativado, pouco atualizado e eu vou tentar mudar isso. Eu tenho milhões de historias e coisas iniciadas, livros, contos e poesias, mas tenho um problema sério com procrastinação e finais, eu tenho medo de terminar de escrever um livro e ele não ser bom o suficiente pra ser lido, então se eu terminar, como é isso que eu quero da minha vida, escrever, ser escritora, vou precisar arriscar, enviar pra alguém, alguma editora, alguma coisa, tentar vender, mas e se não for bom? Se não gostarem? Se meu trabalho, meu esforço, meu talento não bastar? Ai eu me enrolo e não termino nada. 


Graças a um anjo maravilhoso, presente na minha vida (mesmo a centenas de km de distancia), que lê quase tudo que eu faço, me elogia, me incentiva, me motiva, eu finalmente estou no ultimo capitulo de um livro que comecei a anos atrás, em 2010, mas que eu abandonei e deixei esfriar, agora eu me inspirei, eu me motivei, eu escrevi, do final de junho pra cá eu trabalhei firme nisso e estou terminando, não sei se vou enviar pra alguma editora, se eu vou tentar vender, mas eu estou feliz por estar terminado, por poder dizer que “eu escrevi meu primeiro livro”, se vai se vendido, publicado e lido, é outra história, mas eu fiz, eu consegui pensar, criar e terminar e pra mim, isso significa muito. 

Então, sem mais delongas, conheçam e leia a Isabbel Such (só clicar em cima), se gostarem ou não de algo, comenta, me diz, me manda um oi, me deixa saber que você leu, vou ficar bem feliz com isso.

Se ame, seja o adulto que a criança que você era iria se espelhar!!! 

Fique hidratad@, beba bastante agua! 

Destrua o patriarcado, mande gente idiota, chata e afins pra PQP e seja muito feliz!
Até o próximo post! Beijos de luz, boa semana!


Nós acompanhe também:




Um comentário:

  1. Amei seu texto e seu perfil no recanto das letras já tá no meu favoritos!

    ResponderExcluir