24.9.19

Crush à Altura | Netflix

Hey Guys, como estão? 
Mais uma semana que to passando aqui pra indicar filmes para vocês, sério, a Netflix é praticamente da família haha 
Vocês ouviram falar do ultimo lançamento "clichê" da Netflix? Crush a Altura é o tipico filme adolescente que você jura que não vai ver porém assim que lança você gruda na frente da tv. 
Lets' go então! 


A protagonista é Jodi (Ava Michelle), uma garota de 1,85cm e meio de altura com apenas 16 anos, obrigada a encarar um ensino médio cheio de zombarias e "brincadeiras" a cerca da sua altura. 
Ela possui dois melhores amigos desde a infância: Fareeda (Anjelika Washington) e Dunkleman (Griffin Gluck), que aliás é apaixonado por ela, por isso, não mede esforços para deixar isso bem claro e tentar conquistar a garota. Porém, ele é "padrão" enquanto Jodi só quer encontrar um cara legal e maior do que ela. 

Impossível? Não para um clichê adolescente! Stig (Luke Eisner), um intercambista vindo direto da Suécia, lindo, inteligente, além de ser mais alto que ela chega a escola. 
O quase-príncipe começa a frequentar o mesmo colégio de Jodi e adivinha: todas as garotas entram na disputa por ele, inclusive a mais popular. 


Sempre acostumada a desistir do que mais gosta por sua baixa auto-estima, dessa vez, ela vai ouvir os conselhos da melhor amiga de lutar por aquilo que ela deseja. Assim, conta com a ajuda de sua irmã mais velha, que é Miss Teen, para conquistar o boy sueco. Essa atitude vai mudar não somente seu comportamento, como também, aparência, fazendo com que ela enxergue o que realmente importa: quem ela é, quanto a sua altura já não a define.

Confesso que quando vi o trailer não me empolguei, mais cá entre nós, o filme é muito bom, é um clichê não ta clichê, gostosinho de ver. 

É um filme bem obviou como a maioria dos filmes adolescentes porém tem uma temática bem diferente, o que o difere dos outros clichês encontramos na Netflix. 


Os atores são poucos conhecidos, com poucos trabalhamos no portfólio porém desempenham muito bem seus papeis.

Achei que alguns conflitos internos referentes à altura e à auto-aceitação são meio "forçados", não passando naturalidade nem discutindo o tema com maior profundidade, como esperava-se que fosse tratado por ser um assunto muito comum no meio teen, porém não é um problema gravíssimo, ainda assim o filme continua sendo uma boa pedida no domingo a noite. 

✩✩✩✩

E você, já assistiu? O que achou sobre o filme? Me conta  

Nós acompanhe também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário