27.1.20

Novidades na minha Estante - Part03

Hey Guys, como estão? Chegamos ao ultimo post da saga de comprinhas não publicadas aqui e esses são de longe os meus xodós dos últimos tempos! 

Comprei naquelas promoções que tem logo após a loucura de black friday quando tudo caí lá embaixo, e digo mais,
valeram MUITO A PENA

Então, LET'S GO e borá conferir a terceira parte da saga "novidades na minha estante" esquecidos, haha.


Para conferir a part01 do post "novidades na minha estante - mês #01" é só clicar AQUI 
Para conferir a part02 do post "novidades na minha estante - mês #02" é só clicar AQUI 

Esses são todos da Submarino, então os precinhos fogem um pouco dos R$10,00 reais dos posts anteriores, mais valem a pena pela qualidade SIM!

Lady Killers - Tori Telfer 
Editora: DarkSide / Submarino / Valor: R$29,99


Sinopse: As mulheres mais letais da história em uma edição igualmente matadora.
Quando pensamos em assassinos em série, pensamos em homens. Mais precisamente, em homens matando mulheres inocentes, vítimas de um apetite atroz por sangue e uma vontade irrefreável de carnificina. As mulheres podem ser tão letais quanto os homens e deixar um rastro de corpos por onde passam — então o que acontece quando as pessoas são confrontadas com uma assassina em série? Quando as ideias de “sexo frágil” se quebram e fitamos os desconcertantes olhos de uma mulher com sangue seco sob as unhas?

Prepare-se para realizar mais uma investigação criminal ao lado da DarkSide® Books e sua divisão Crime Scene®. Esqueça tudo aquilo que você achava que sabia sobre assassinos letais — perto de Mary Ann Cotton e Elizabeth Báthory, para citar apenas algumas, Jack, o Estripador ainda era um aprendiz.

Inspirado na coluna homônima da escritora Tori Telfer no site Jezebel.com, Lady Killers: Assassinas em Série é um dossiê de histórias sobre assassinas em série e seus crimes ao longo dos últimos séculos, e o material perfeito para você mergulhar fundo em suas mentes. Com um texto informativo e espirituoso, a
autora recapitula a vida de catorze mulheres com apetite para destruição, suas atrocidades e o legado de dor deixado por cada uma delas.

As histórias são narradas através de um necessário viés feminista. Telfer dispensa explicações preguiçosas e sexistas e disseca a complexidade da violência feminina e suas camadas. A autora também contesta os arquétipos — vovó gentil, mãe carinhosa, dama sensual, feiticeira traiçoeira, entre outros — e busca entender por que as mulheres foram reduzidas a definições tão superficiais.

Além disso, questiona a “amnésia coletiva” a respeito dos assassinatos cometidos por mulheres. Por que falamos de Ed Kemper e não de Nannie Doss, a Vovó Sorriso, que dominou as páginas dos jornais norteamericanos em 1950 por seu carisma e piadas mórbidas (ela matou quatro maridos)? Por que continuamos lembrando apenas de H.H. Holmes quando Kate Bender recebia viajantes em sua hospedaria (e assassinava todos que ousavam flertar com ela)? A linha que divide o bem e o mal atravessa o coração de todo ser humano.

Através das páginas de Lady Killers: Assassinas em Série os leitores vão perceber que estas damas assassinas eram inteligentes, coniventes, imprudentes, egoístas e estavam dispostas a fazer o que fosse necessário para ingressar no que elas viam como uma vida melhor. Foram implacáveis e inflexíveis. Eram psicopatas e estavam prontas para dizimar suas próprias famílias. Mas elas não eram lobos. Não eram vampiros. Não eram homens. Mais uma vez, a ficha mostra: elas eram horrivelmente, essencialmente, inescapavelmente humanas.

Alice no pais das maravilhas - Lewis Carroll
Editora: DarkSide / Submarino / Valor: R$29,99


Preciso ressaltar aqui que eu tenho outra versão 'livro' de Alice em casa, mais essa versão da DarkSide e as outras que saíram são tão lindas que dá vontade de ter todas (e também porque é meu conto de fadas favorito).

Sinopse: O livro conta a história de uma menina curiosa que decide seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico, onde convive com criaturas estranhas e se envolve nas mais inusitadas aventuras. Neste universo inesperado, não há limites entre sonho e realidade.Mais do que uma obra ficcional-juvenil, Alice no País das Maravilhas é uma alucinante viagem por um mundo nada óbvio em que imaginação, desafios de lógica, jogos de palavras e situações nonsense combinam-se de maneira única e inesquecível.

Trilogia Verão - Jenny Han
Editora: Intrínseca / Submarino / Valor: R$39,99


Sinopse: A vida de Isabel Conklin é marcada pelas férias de verão. As outras estações do ano são comoum intervalo, dias que passam lentamente enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais
ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad e Jeremiah Fisher.
Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é
ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão
diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece...
Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é
que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os
dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles.
Na trilogia Verão, acompanhamos Belly dos 15 aos 24 anos. Em meio a descobertas e mudanças, ela se apaixona, se envolve em um triângulo amoroso, entra na universidade e descobre que amadurecer também significa tomar decisões difíceis.


Chegamos ao fim, depois de 3 posts finalmente estou em dia com vocês. 
E ai, qual indicação gostaram mais? Qual comprariam? Qual já leram? Conta tudin pra nós! 

Me siga no Instagram e acompanhe minhas aventuras Literárias @tainanamorim_  

Fotos: Motorola MotoG8Plus / Sobre: Skoob / Edição: Lightroom Mobile/Snapseed

Nós acompanhe também:




Nenhum comentário:

Postar um comentário