25.7.22

De repente 30...


  O tempo passa tão rápido e quando se vê já se foram 30 anos. Parece que foi ontem que eu era uma garota de 15 anos cheia de sonhos, expectativas sobre vida e com muita certeza de que com 30 anos eu já teria conquistado o mundo.

Para muitos é apenas uma nova idade, mas para mim é um ritual de passagem de um novo ciclo de vida que se inicia com muitos significados, trazendo mudanças gigantescas. Além disso, são três décadas de vida para serem comemoradas, pois não é sempre que se faz 30 anos, não é!?

Com a chegada do 3.0 vem junto a tal da maturidade, quem sabe até o final do dia encontre na minha caixa do correio o meu certificado de maturidade nível 30 anos.
Além do mais, muitas coisas começam ser diferentes quando se aproxima da famosa idade do sucesso, as baladas da vida já não são tão importantes assim, pedir uma pizza, tomar um bom vinho e bater aquele papo com os amigos é muito mais legal do que ver a sua banda preferida tocar 01h30 da matina, aquela maratona de Grey’s Anatomy passa ser mais interessante do que ir pro bar. O corpo já começa dar sinais de que você não é mais uma garotinha, você passa a planejar o seu porre, porque sabe que a resseca do outro dia vai ser triste. Você se torna mais seletivo nas amizades, e se da conta que ficar sozinha ou acompanhada de quem ama basta, você é a melhor companhia pra si mesmo.



É engraçado olhar para trás, e ver que algumas coisas que imaginei acontecer aos 30 anos não aconteceram. Quando criança achava que aos 30 estaria meio velha, formada, muito bem sucedida profissionalmente, teria viajado os 4 cantos do mundo, casada e com filhos. Não me sinto velha, porém não me sinto tão jovem assim, não fiz nenhuma faculdade, e hoje já não quero mais ser o que eu queria quando tinha 15 anos, a carreira ainda é um sonho logo ali para ser alcançado.
As viagens ficaram em segundo plano e estão sendo conquistadas aos poucos...
O casamento aconteceu, mais os filhos são planos para daqui a uns anos (ou não)...

Mudei bastante fisicamente, as rugas apareceram, umas por brabeza e outras por vários sorrisos que dei ao longo destes 30 anos, os cabelos brancos estão aqui e a cada dia aparece um novo para me lembrar que o tempo ta passando e eu ainda tenho muita coisa pra fazer.

E
nfim, o ciclo dos 30 chegou e com ele a gratidão por ter vivido tudo o que eu vivi até aqui, todas as pessoas que eu conheci, todos os lugares que eu fui, todos as lagrimas que deixei cair, os sorrisos que dei, as gargalhadas, todos os amores, todos os erros, tropeços e tombos, tudo foi um grande aprendizado para me tornar quem eu sou hoje. Gosto dessa Tainan madura, que hoje pensa antes de agir, analisa situações, ignora coisas, isso é a maturidade que fui conquistando ao longo desses tantos anos.

Tenho certeza que os meus 30 anos veio preparado para mudar muita coisa, veio cheio de dias para serem vividos, sonhos para serem alcançados e que ele serão os melhores anos da vida!



Então, Welcome 30!



Nenhum comentário:

Postar um comentário